FGTS na conta: e agora, o que fazer?

Publicado por Eutolimpo em

Escrito por: Equipe Eu to Limpo

O saque imediato do FGTS começou e muitos brasileiros já estão com o valor em mãos, mas junto com isso pode vir a pergunta: o que fazer com o dinheiro?

Viajar, investir, pagar dívidas, guardar como um fundo de garantia… São várias as opções para o uso dessa graninha a mais. Mas não se desespera não, viu? O Eutolimpo tá aqui pra te ajudar a escolher o melhor para o seu bolso!

Muita calma nessa hora…

Sabemos que dinheiro na mão é sinônimo de felicidade e empolgação. Mas antes de qualquer coisa é necessário sentar e analisar sua situação com calma: será que realmente é viável viajar ou gastar todo o valor do FGTS em compras quando há pendências em seu nome?

Felizmente, essas coisas podem esperar, mas regularizar o CPF deve ser uma prioridade para quem quer alcançar a independência financeira o quanto antes. Então, antes de qualquer coisa, escolha pagar suas dívidas para se livrar desse problema de vez.

Organização é tudo!

É muito importante verificar e organizar as dívidas que estão em aberto. Por isso você pode listar todas as pendências e informações sobre elas (tempo em atraso, valor atualizado, etc.) porque assim, fica mais fácil escolher qual delas pode ser negociada de acordo com o valor que você tem em mãos.

Negocie!

Agora que você já tem tudo devidamente listado e organizado, é hora de negociar os valores em abertos, além de prazos, descontos e até novas taxas de juros. Veja qual proposta cabe melhor no seu bolso de acordo com a quantia do seu FGTS e feche uma negociação!

Aqui no Eutolimpo, por exemplo, você tem condições especiais de descontos e parcelamentos, tudo do seu jeito e no seu tempo. Clique aqui e veja se seu CPF está com a gente!

Vida nova, novos hábitos

Com as dívidas negociadas ou quitadas, o próximo passo essencial para não cair na armadilha do nome sujo de novo é mudar alguns hábitos, por isso, chegou o momento de ativar o modo economia.

Um ótimo modo de iniciar esse processo é, novamente, utilizar o método da listagem: coloque todos os seus gastos mensais na ponta do lápis, desde os gastos fixos (como contas de água, luz, gás) até os mais superficiais, como os com laser, compras, etc. Feito isso, é essencial organizar suas finanças pessoais de acordo com a sua renda, para não gastar mais do que recebe. A regra 50 20 30 é um método interessantíssimo para isso. Clique aqui e leia mais sobre ela!

Economizar dentro de casa também é um ótimo primeiro passo para quem quer levar uma vida mais econômica e sustentável.

Viu como dar prioridade a sua vida financeira é a melhor opção? Agora é só consultar seu CPF e fazer parte do time Eutolimpo!

Continue nos acompanhando também pelo Facebook, Instagram e Twitter!


Conta pra gente: o que achou desse post?