RENDA CIDADÃ: Entenda o que é o programa

Publicado por Eutolimpo em

Conheça o programa, quem tem direito, como fazer o cadastro e mais detalhes.

Renda Cidadã é a nova proposta de programa social do Governo para substituir o Bolsa Família, ampliar o número de pessoas atendidas, aumentar o valor do benefício e suceder o Auxílio Emergencial.

Segundo divulgação do governo, o anúncio do Renda Cidadã seria feito em 2021. Para o programa acontecer, é necessário convencer o Congresso a aprovar uma proposta para financiamento, a ideia é que o valor do benefício fique acima dos R$190,00 pagos mensalmente pelo Bolsa Família hoje. O valor do Renda Cidadã é uma média é uma média entre o atual Bolsa Família e o Auxílio Emergencial.

Saiba quem tem direito ao Renda Cidadã

No caso de aprovação da proposta, terá direito ao programa quem está na chamada “linha de pobreza”, ou seja, famílias que possuem renda de até R$178,00 mensais por pessoa. Essas famílias precisam necessariamente ter crianças ou adolescentes de até 17 anos de idade, matriculados em escolas.

Porém, vale ressaltar que o programa ainda não foi confirmado pelo Governo e outras propostas além do Bolsa Família estão em discussão. Até o momento, não foram divulgadas as novas regras para participar do Renda Cidadã, a expectativa é que o procedimento seja o mesmo para as famílias que estão cadastradas no CadÚnico e no programa Bolsa Família.

Renda Cidadã Emergencial é FAKE!

Muitas mensagens estão circulando sobre o programa Renda Cidadã, mas muitas delas não passam de golpes virtuais. Um exemplo disso é o Renda Cidadã Emergencial.

Se você recebeu mensagens (principalmente por WhatsApp) informando sobre esse programa, dizendo que o Ministério da Cidadania liberou R$350,00 por família por meio do “Renda Cidadã Emergencial”, saiba que é uma fraude.

Muitos golpistas aproveitam de assuntos do momento, principalmente quando ainda não se tem muitas informações sobre, para aplicar golpes na internet, por isso todo cuidado é pouco! Fique atento às fontes das notícias e só confie em sites/fontes confiáveis.

Como se cadastrar para receber o Renda Cidadã?

Ainda não existem regras definidas para o programa, mas caso seja aprovado, provavelmente seja necessário que as pessoas com direito ao benefício estejam cadastradas no CadÚnico (Cadastro Único) e no programa Bolsa Família.

O Cadastro Único (CadÚnico) é um sistema administrado pela Caixa Econômica Federal voltado a auxiliar famílias em situação de pobreza ou de extrema pobreza, que ganham até meio salário mínimo por pessoa ou até três salários mínimos como renda familiar total.

Por meio das informações concedidas pelas famílias no CadÚnico, o Governo Federal, governos estaduais e municipais podem estabelecer políticas públicas para melhorar a situação econômica e qualidade de vida destas pessoas.

Caso o programa seja aprovado, para que a família possa ser cadastrada, será necessário que um membro maior de 16 anos que more na mesma casa que os demais seja o responsável por repassar informações e documentos.

É preferível que seja uma mulher e, com a aprovação do Renda Cidadã, deverá possuir CPF ou Título de Eleitor, com exceção para os responsáveis pelas famílias indígenas e quilombolas, cujo documento apresentado não deve ser, obrigatoriamente, CPF ou Título de Eleitor. Nestes casos, poderia ser apresentado, por exemplo, a certidão de nascimento.

Mantenha seus dados atualizados

Informação importante: é essencial atualizar seus dados de dois em dois anos para evitar a suspensão do benefício. Sempre devem ser informadas, por exemplo: mudança de residência, emprego, estado civil e renda. Sem essas informações, o Governo não consegue fazer o reconhecimento exato da situação social em que a família se encontra para participação em programas sociais.

Para atualização de dados, a família também deve fazê-lo via a pessoa responsável. Outras informações estão disponíveis na Central de Atendimento disponibilizada pela Caixa Econômica Federal, por meio de suas redes sociais, telefones ou agências físicas.

Quem tem dívidas pode fazer parte do programa?

Se o Renda Cidadã for aprovado pelo Governo, sim. Mesmo sem regras estabelecidas, tudo indica que, assim como ocorre em outros benefícios, quem estiver com o CPF restrito junto aos órgãos de proteção ao crédito terá o direito de receber o benefício.

Até então, as únicas restrições em relação ao recebimento do Renda Cidadã são pendências na Justiça Eleitoral ou na declaração do Imposto de Renda.

E aí, gostou das dicas? Continue acompanhando o Eu tô limpo para ver mais conteúdos incríveis para te ajudar! Siga a gente nas redes sociais: Facebook e Instagram e não se esqueça de acessar nosso site clicando aqui e consultar seu desconto!

Categorias: Notícias

mariamenses · 23/09/2021 às 2:43 pm

Muito interessante, obrigada

Conta pra gente: o que achou desse post?

%d blogueiros gostam disto: